O dinheiro depositado na conta também pode servir de investimento, pois rende diariamente sem custo e oferece ganhos diários maiores do que os da poupança.

Continue lendo para saber mais…

Com os juros básicos, a famosa taxa Selic, pagando apenas 2% ao ano, o investidor de repente viu que precisava se mexer para fazer seu dinheiro render acima da inflação.

Foi atrás de fundos de renda fixa mais arriscados, títulos do Tesouro de longo prazo e despejou dinheiro na bolsa de valores. Os gestores de fundos de renda fixa tiveram que rebolar, e colocar mais papéis privados, mais arriscados que um título do governo e que, portanto, rendem mais, nos seus fundos.

Até esse ponto, é até possível acreditar, mas o problema aparece quando eles escrevem “ganhar dinheiro online é fácil. Qualquer um pode conseguir com pouco esforço. Saiba como ganhar dinheiro na internet dormindo.”

E, para render mais, têm de ficar mais tempo com os investimentos. Quanto mais longo os títulos, mais eles rendem. Ou seja, nem sempre a liquidez diária é possível. Certo? Errado. Sempre há uma fintech querendo ganhar clientes com alguma novidade.

Quem quiser dobrar ganhos, sem correr risco e ainda poder tirar dinheiro a hora que quiser, a tal liquidez diária, pode deixar o dinheiro em uma conta do PicPay. A fintech está pagando 210% do CDI para quem investir até 250 mil reais.

CDI é é a taxa interbancária atrelada à Selic. Isso significa, na prática, que o PicPay está pagando mais de 4% ao ano para seus clientes em uma conta remunerada.

Para quem faz negócios no mundo digital, poder ganhar dinheiro e receber de forma rápida, sem complicações pode ser de grande ajuda, não é?

Podem criar contas universitárias alunos do ensino superior, como graduação, tecnólogo, pós-graduação, mestrado, doutorado, MBA ou outras especializações. O limite mensal de cashback dentro da conta universitária é de R$ 500, que podem ser usados como o usuário quiser, exceto para saques.

Agradecemos Seu Voto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.