O desejo de morar no exterior é comum entre muitos brasileiros, porém, quando se trata da América do Norte, uma dúvida muito comum é: “como ganhar dinheiro nos Estados Unidos?. Afinal, apesar de ser uma oportunidade de construir uma vida, esse costuma ser um grande desafio para quem deseja se lançar no sonho de residir fora.

Continue lendo e saiba mais..

Na maioria das vezes, a economia gig é alimentada por plataformas online que atuam como intermediários entre o consumidor e o provedor de serviços (você). Você não é um funcionário da plataforma, mas sim um trabalhador autônomo contratado.

As plataformas gig geralmente recebem uma parte do lucro, o que significa que o pagamento que você recebe por seus serviços nem sempre é ótimo em comparação com o que você poderia ganhar se trabalhasse diretamente com o cliente.

Por outro lado, as plataformas colocam você na frente de um público enorme e engajado e lidam com todas as transações financeiras por você — você pode trabalhar para muitos clientes diferentes, mas é pago pela plataforma.

É de suma importância planejar uma mudança, pois é preciso se adaptar ao custo de vida e aos hábitos do país. Pode ser um grande desafio encontrar meios para ganhar dinheiro nos EUA, especialmente por não possuir a nacionalidade desse país. 

Existem, ainda, casos de pessoas que não necessariamente desejam residir no país, mas aproveitar sua economia para ganhar dinheiro – em dólar – e para melhorar seu padrão de vida no Brasil.

A melhor forma de obter sucesso profissionalmente e economicamente em outro país é abrindo seu próprio negócio. Essa ideia é fundamental, pois pode ser muito difícil se estabelecer no país de outra forma. 

Por questões como a não aceitação de muitos diplomas de ensino superior brasileiros nos Estados Unidos e a priorização de oferta de trabalho aos estadunidenses, você pode encontrar dificuldades de se estabelecer no país. 

Considerando isso, a melhor opção é montar o seu empreendimento e inovar nesse país, podendo, assim, estabelecer-se financeiramente e ser reconhecido dentro do país pelo que oferece. 

Preocupado com o envelhecimento da população do estado de Vermont, o que gerou uma grave crise econômica por lá, o governador Phil Scott sancionou uma lei no último dia 30 de maio que pagará US$ 10 mil para pessoas que se mudarem e trabalharem de forma remota na região.

Para ser elegível ao “Novo Programa de Concessão de Trabalhador Remoto”, o candidato deve trabalhar para uma empresa que esteja em outro estado dos EUA e com funções que possam ser feitas à distância.

Agradecemos Seu Voto!

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.