As contratações no mercado financeiro também ficaram em alta no ano de 2020. O aumento da inflação e das incertezas do mercado fizeram com que as profissões atreladas a investimentos fossem bem procuradas.

Continue lendo e saiba mais…

Viver de trader significa trabalhar única e exclusivamente com a compra e venda de ações em bolsa de valores, lucrando com as negociações e também com o recebimento de dividendos.

Essa é uma meta possível, mas que não vem sem esforço, dedicação e conhecimento para  tomar as melhores decisões.

Tem mais a ver com os acontecimentos mostrados no filme “À Procura da Felicidade” (2006) do que com o que se passa em “O Lobo de Wall Street” (2013).

O mercado é extremamente amplo, e cheio de oportunidades. A cada dia que passa, novas portas se abrem e mais empresas se voltam para esse ambiente tão incrível.

Por esses e outros motivos – e pela minha própria experiência pessoal – te afirmo com toda certeza que sim, é possível viver do mercado financeiro.

E se você não assistiu nenhum deles, sem problemas, pois a gente resume rapidinho.

No primeiro, estrelado por Will Smith, a história conta um pouco do que se passa nas corretoras de valores e os seus desafios. Embora haja profissionais bem-sucedidos, a realidade é que a maioria tem que ralar muito para ter resultados.

Os traders individuais são aqueles que estão constantemente ligados nos movimentos do mercado financeiro, aplicando neste ou naquele ativo e tirando lucro em cima de suas ações.

Aqui os ganhos são bastante variáveis, mas podem chegar a R$ 600 por dia, dependendo do investimento. Sim, você não leu errado: R$ 600 por dia!

Para atuar como trader individual no mercado financeiro é preciso conhecer a fundo todas transações comerciais disponíveis e antecipar tendências de mercado.

A atividade requer uma combinação sólida de habilidades técnicas, intelectuais e psicológicas para acompanhar as flutuações da área.

Agradecemos Seu Voto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.