Quitar as dívidas é um alívio, não é mesmo? A sensação de ter a vida financeira organizada é uma recompensa pela superação desse momento tão delicado. Porém, muitas pessoas podem ter dificuldades em recuperar crédito depois de limpar o nome, já que as instituições financeiras analisam o histórico de cada consumidor, negando, em muitos casos, pedidos para a emissão de cartão, financiamento e cheque especial mesmo para quem está sem dívidas atuais.

Continue lendo e saiba mais…

Ter o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e Serasa, pode significar uma grande dor de cabeça para o cidadão. Entretanto, mais de 63 milhões de brasileiros se encontram na situação de negativado. Desse modo, muitos deles se perguntam: como conseguir limpar meu nome e voltar a ter direito ao crédito?

Uma das alternativas para responder a esse questionamento é contar com a ajuda do Feirão Limpa Nome, na qual é possível que o cidadão renegocie sua dívida para ter o CPF retirado da lista de negativado.

Porém, a situação mais complicada não é a de retirar o nome da lista do SPC e Serasa, mas sim voltar a conseguir a aprovação de crédito dentro do mercado financeiro. Essa situação ocorre devido ao receio que as financeiras possuem de emprestar capital para pessoas que já foram inadimplentes

A boa notícia é que o mais difícil já passou! Se você está com o nome limpo, é questão de tempo até recuperar crédito.

Quando você tem uma dívida velha, e que pode até chegar ao ponto de caducar, muitas vezes o banco prefere vender a dívida para recuperadoras. E deixam de ter que fazer todo o processo de cobrança e recuperação.

No momento em que a dívida passa para recuperadora, não muda o valor inicial da dívida dentro dos bancos de dados de inadimplentes, mas muda a possibilidade de negociação. A recuperação de crédito tem como objetivo não só quitar a dívida, mas te ajudar a limpar seu nome e voltar a conseguir crédito. Para isso existe o momento de negociação do valor.

Assim que quitar suas dívidas, é bem provável que você imediatamente volte a solicitar crédito, afinal, estará com o nome limpo. Porém, esse comportamento não passa despercebido pelos bancos e credores, pois indica que aquele consumidor logo fará outra dívida em seu nome.

O ideal é que você espere alguns meses para contratar novamente um crédito até que seu score volte a subir e, durante esse período, faça o possível para manter sua saúde financeira em dia, controlando seus gastos, poupando e garantindo que suas despesas estejam de acordo com seu poder aquisitivo.

o dinheiro acaba, as dívidas acumulam e sem conseguir pagá-las, você vê seu nome em órgãos de protesto. É, muita gente passa por isso, e para conseguir um crédito de novo fica complicado! Por isso, trazemos dicas especiais para você tentar limpar o nome e voltar a ficar no azul!

As dívidas levam a negativação. Com o nome restrito, os bancos dificultam a aprovação de um produto financeiro, como o empréstimo e cartão de crédito, por exemplo.

Já que a instituição financeira acredita que, quem está nessa situação não consegue pagar as dívidas, é normal os pedidos serem negados, diminuindo a chance de “calote” ao banco.

Agradecemos Seu Voto!

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.