Quer investir começar a investir, mas não sabe o que rende mais que a poupança? Neste conteúdo, você terá acesso às opções de investimento que te ajudarão a guardar o seu dinheiro de forma segura, multiplicar o seu patrimônio e melhorar a sua saúde financeira.

Continue lendo e saiba mais…

A verdade é que saber como aplicar seu dinheiro é essencial para garantir o crescimento do seu patrimônio, mas isso nem sempre significa buscar a maior rentabilidade possível.

Afinal, quanto maior a rentabilidade de um investimento, maior tende a ser o risco atrelado a ele.

Isso pode ser bom caso você tenha um perfil de investidor agressivo, mas pode trazer desconforto com oscilações do seu capital caso você seja moderado ou conservador.

Você já imaginou como seria sua vida com uma reserva de R$ 50 mil? Pense nos sustos que poderia evitar em caso de uma doença na família ou desemprego, por exemplo.

E aquela geladeira que precisa ser trocada? Com dinheiro no bolso, seria possível obter uma ótima negociação para comprar à vista.

Ou até mesmo ter a liberdade de mudar de emprego, sabendo que as contas dos próximos meses estariam garantidas.

Essa tranquilidade de contar com reservas financeiras ainda parece um sonho distante da nossa realidade. Uma pesquisa do Banco Mundial publicada em janeiro de 2017 revelou que apenas um em cada quatro brasileiros conseguiu poupar algum dinheiro nos 12 meses anteriores ao levantamento.

Por falta de reservas, ficamos mais vulneráveis a imprevistos e ainda perdemos grandes oportunidades de realizar nossas conquistas com mais economia, sem perder o sono.

O importante é lembrar que nunca é tarde para começar. E que tal aproveitar o momento para se comprometer com a meta de juntar R$ 50 mil em 5 anos? Veja o que você precisa fazer e comece já.

Por isso, você deve se tornar um investidor consciente. Buscar conhecimento para aplicar dinheiro e conhecer o seu perfil é a forma mais segura de investir.

A caderneta de poupança já existe há anos e por um bom tempo ela era uma das únicas formas de a população mais pobre guardar e fazer seu dinheiro render.

Por isso ela ainda é tão famosa entre os brasileiros. “Poupança” virou até sinônimo de “guardar dinheiro”. Atualmente, ela segue sendo uma opção de fácil acesso, descomplicada e muito simples para pessoas comuns que desejam fazer algum tipo de reserva.

Agradecemos Seu Voto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.